Seguidores

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Quando eu voltar a ser criança

 

"Ai que saudades que tenho da aurora da minha vida, da minha infância querida..."

Poças de lama

Quando olho dentes-de-leão, eu vejo ervas daninhas invadindo meu quintal. Meus filhos veem flores para mãe e sopram a penugem branca pensando em um desejo.

Quando olho um velho mendigo que me sorri, eu vejo uma pessoa suja que provavelmente quer dinheiro e eu me afasto. Meus filhos veem alguém sorrir para eles e sorriem de volta.

Quando ouço uma música, eu gosto e sei que não sei cantar e não tenho ritmo, então me sento e escuto. Meus filhos sentem a batida e dançam. Cantam e se não sabem a letra, criam a sua própria.

Quando sinto um forte vento em meu rosto, me esforço contra ele. Sinto-o atrapalhando meu cabelo e empurrando-me para trás enquanto ando. Meus filhos fecham seus olhos, abrem seus braços e voam com ele, até que caiam a rir pela terra.

Quando rezo, eu digo Tu e Vós e conceda-me isto, dê-me aquilo. Meus filhos dizem, "Olá Deus! Agradeço por meus brinquedos e meus amigos. Por favor mantenha longe os maus sonhos hoje à noite. Eu ainda não quero ir para o céu. Eu sentiria falta de minha mãe e de meu pai."

Quando olho uma poça de lama eu dou a volta. Eu vejo sapatos enlameados e tapetes sujos. Meus filhos sentam-se nela. Veem represas para construir, rios para cruzar e bichinhos para brincar.

Eu queria saber se nos foram dados os filhos para os ensinarmos ou para aprendermos.

Aprecie as pequenas coisas da vida, porque um dia você poderá olhar para trás e descobrir que eram grandes coisas grandes.

Meu desejo para você?
Grandes poças de lama e dentes-de-leão!!!
 
 
imagem daqui:

17 comentários:

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Oi Shan,
Todos temos uma criança eterna dentro de nós, só precisamos soltar ela quando, onde e com quem queremos!
Bom fim de semana!

Jana Cassis disse...

Oi minha linda!
Eu é que me pergunto aqui
e agora, o que falar a vc?

Como agradecer tamanho carinho e suas palavras que me deixam tão feliz?
Não sei! Só posso agradecer a vc e dizer que cada vez que te vejo em meu blog antes mesmo de ler já sei que são lindas as palavras que me deixou, de coração muito obrigada por tantos elogios!!!

E qto a seu post, só posso dizer ou cantar o seguinte:
"Viver e não ter a vergonha de ser feiz, cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz"...

Bjs e um excelente domingo!

LEGA disse...

Oi tinha!


Vc sabe, que te admiro muito, em tudo mais especialmente na sua intelectualidade, que se manteve acesa desde a infancia., pois tinha a letra mais bonita da sala e cultivou isso na vida como professora., e acelerando nas palavras escritas por vc. sempre muito claras atentas ao tema explicativas e de boa compreensao.
Parabens! Este blog ta muito bem elaborado. Continue fazendo e atualizando sempre renovaremos nossas vidas com suas dicas diárias.
VALEU!!

Larissa Bohnenberger disse...

Coisa boa saber aceitar e apreciar a criança que reside dentro da gente... Eu, a poucos meses de completar 30 anos, continuo sendo aquela menina ranhenta que adora picolé e tem medo de barata! Ainda bem!!!

Viviane und ihre Welt disse...

Shantinha, eu tb fiquei muito feliz que a autora me respondeu e me enviou aqueles desenhos que ela faz.

Pedi permissao a ela para postá-los.

Bem...eu ainda sou crianca, por isso nao tenho como sentir saudades desse tempo, rs.

Minha mae te manda um beijo e eu tb, rs.

✿ chica disse...

Que lindo isso e que todos possamos ver e ter um lindo dia! beijos,tudo de bom,chic

Sabor de Pitanga disse...

É isso, Shan, as crianças sentem diferente de nós adultos... a inocência de uma criança é algo impar. E, exatamente por isso, muita vezes, elas pagam um preço muito alto... o pior de tudo é que, muitas vezes, a tortura a uma criança, vem da própria familia...

Outro dia eu li um texto aqui, na Alemanha, muito interessante: "Os pais previnem aos filhos para manter distância dos desconhecidos, mas, quem os abusa sexualmente é, quase sempre, um membro da própria familia a quem a criança tem total confianca"!!! Mundo cruel!

Eu desejo um mundo com adultos-criancas. Isto é, com muitas "poças de lama" e com mais pureza no coração!

Beijinhos

Nice Bacchini disse...

Shan, queria agradecer-lhe pelo carinho e suas visitas, fiquei um tempo ausente, mas estou retornando aos poucos... um texto maravilhoso de ser ler refletir, pois passamos a infância toda querendo tornar adulto, quando crescemos queremos voltar a ser criança, pois é um período que deixa saudade... abraçoss

Roberta Maia disse...

Vamos cultivar a nossa criança interior, SEMPRE!!

Beijinhos Iluminados!!
Feliz Dia das Crianças!!
Muita Luz!!

Ricardo Calmon disse...

Intenso e lindo lindo amada fraterna amiga!

saudades!

viva la vida

Anne Lieri disse...

Shan,eu amei as poças de lama!Que texto profundo e muito lindo vc escreveu!Captou a alma das crianças!Bjs,

O Profeta disse...

O tempo corre em sua em sua invisível viagem
Um Santo nunca dorme no altar
Um barco sobe e desce cada onda do Mar
Um cais de partida também acolhe o chegar

São tantos os mistérios que encontrei na vida
Cruzei com gente desconhecida que conhecia bem
Falei e falo com gente que partiu desta vida
Sinto tanto aroma perdido que este tempo guarda e tem

Mágico beijo

Silvia Ordonhes disse...

Olá Shan-tinha obrigada
pelo carinho Cantinho Forno e Fogão
e parabéns seu espaço é encantador
Linda noite e semaninha!
Paz e luz para humanidade

Silvia Ordonhes disse...

Muitas cores e flores,alegrias,saúde
a todas as crianças junto aos
seus cuidadores!
Amar...apoiar...confiar
...confraternizar!

Beijos no core

RosanAzul disse...

Olá minha querida amiga Tinha!
Estive ausente uns dias devido a um problema no meu blog, ficava difícil ir aos outros blogs pois nao conseguia ficar no meu... aff... enfim, tudo resolvido e agora retornando a rotina...
Um grande abraço Tinha e que tua semana seja abençoada e feliz!
Meu carinho, Rosana

Su disse...

Shan, saudades daqui, que lindo seu texto e tão profundo...

Ando sumida por conta do trabalho.

Um super beijo pra ti e uma semana linda e cheia de paz!

Su.

Lena disse...

Olá, Shan
Não devemos perder nunca essa criança que existe dentro de cada um de nós. É sempre um prazer vir aqui e ler-te, sempre apresentando leituras boas e deliciosas de ler. Bjkas com carinho!