Seguidores

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Japamala- comer, rezar e amar

Estou lendo  o livro Comer, rezar e amar e também assisti ao filme, e já no início gostei da parte que a autora explica que  dividiu os capítulos de acordo com o japamala.
Pratico yoga e o último mês de aula dedicávamos um tempo no final para a entoação de mantras usando o japamala.
 
O livro é dividido em 109 pequenas partes, considerando o Japa Mala, uma espécie de terço com 108 contas, tendo uma 109º destinada ao agradecimento.
O livro possuí diversas curiosidades sobre os três países pelos quais Liz passa, mas o mais impressionante nessa obra é mostrar tudo em um olhar único de uma mulher que aos 36 anos passa a buscar uma nova direção em sua vida.
http://nablogosfera.com/?p=456


 “Se você tem a coragem de deixar para trás tudo que lhe é familiar e confortável (pode ser qualquer coisa, desde a sua casa aos seus antigos ressentimentos) e embarcar numa jornada em busca da verdade (para dentro ou para fora), e se você tem mesmo a vontade de considerar tudo que acontece nessa jornada como uma pista, e se você aceitar cada um que encontre no caminho como professor, e se estiver preparada, acima de tudo, para encarar (e perdoar) algumas realidades bem difíceis sobre você mesma… então a verdade não lhe será negada.” (Elizabeth Gilbert)


 
JAPAMALA
(Japa=repetição, Mala=cordão ou colar)

A Japamala, mais conhecida no ocidente como rosário de orações, é um objeto antiqüíssimo de devoção espiritual, sendo utilizada em muitas culturas e religiões para marcar orações ou mantralizações. Existem de diversos tipos, tamanhos e materiais e podem ter uma quantidade diferente de contas, de acordo com a cultura ou religião. No Hinduísmo ou Budismo se usam com 108 contas, havendo sempre uma conta maior representando a Divindade, ao redor do qual giram as 108 distintas manifestações, retornos ou encarnações. É a diversidade que gira em torno de uma única unidade.

http://www.universomistico.org/s/o-uso-da-japamala.html


Um comentário:

Ahow! Comunicação disse...

Olá,

somos da assessoria de comunicação de um grupo de artesãos que desenvolvem objetos para ajudar no alívio do stress, na prática da meditação ou simplesmente no passatempo, como japamalas, masbahas e kombolóis. Gostaríamos de convidá-l@ para uma visita em nosso blog e em nossa página no Facebook: http://maosocupadas.blogspot.com

Um abraço,
Ahow! Comunicação