Seguidores

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Criatividade

Criatividade vem da necessidade.

Ou só existe criatividade a partir dela. 
Não, necessariamente.

Vejamos:

Já contei aqui sobre uma viagem que fizemos de carroça, eu e a minha família. Naquele tempo a vida era  mais difícil para muitas pessoas. Meu pai  trabalhava para sustentar minha mãe  e os sete filhos. Nem se compara com a vida que temos hoje.
Nossa vida era simples no sentido de que vivíamos com pouco e sem nada de luxo. Luxo? nem conhecíamos essa palavra. Tanto a casa como o nosso vestuário e a alimentação podia-se em menos de  uma hora descrever tudo.
Meu pai usava de artifícios para o que se chamaria hoje de "embromeichon" ou "provisório" para sempre. Era um conserto aqui, outro ali. 

Vou citar exemplos:

Não tínhamos uma caneca ou copo próprio para tomar água, ela era feita por meu pai a partir de uma lata de leite. A borda era cortada e batida com martelo na bigorna para deixá-la retinha. A alça era cortada uma tira de uns dois centímetros de uma segunda lata. O porta-talheres era também uma lata de leite: ele cortava a lata em volta no sentido vertical, em tiras largas  que depois ele pressionava a parte de cima com a própria mão, isso fazia com que a lata ficasse num formato  oval e ali eram colocados facas, garfos e colheres. Como eu admirava tudo o que ele fazia!

Lembrei-me disso após ter lido um email que recebi sobre uma jornalista que estando em licença maternidade, teve a brilhante ideia de fotografar seu bebê, colocando-o em vários cenários.

este é o endereço do blog  de Adele Enersen uma publicitária finlandesa: 

http://milasdaydreams.blogspot.com/
  
Veja a produção caseira sobre os possíveis sonhos de sua filha Mila. 




Significado das palavras: 

1-embromeichon: palavra aportuguesada para definir o mau "speak english", não se sabe o idioma inglês então se faz de conta que sabe. 

2-embromeichon: aqui usada como faz de conta, não o verdadeiro sentido que achamos no dicionário.

3-provisório para sempre: usamos muito para falar de um paliativo para um problema, arruma-se por hora e fica para sempre.

4-bigorna: peça de ferro em que se malham e amoldam metais.



9 comentários:

Jefhcardoso disse...

Shan-Tinha, adorei ler a sua postagem. Fiquei vendo o seu pai confeccionando os utensílios. Vejo que herdou o talento e esmero de seu pai. Sabe, de modo geral, sempre me admiro dos homens que com talento superam as dificuldades de uma vida de privações. Fantástico também o vídeo, o vocabulário, tudo. Você arrebentou geral, Shan! Prazerzão estar aqui.

Jefhcardoso

Jefhcardoso disse...

Do meu “Ócio Mal Sócio”: Shan-Tinha, sim, sim. Existem ócios e ócios. Não conheço o livro, mas sim a expressão ‘ócio criativo’. É preciso repensar o assunto com mais elementos. Quem sabe eu não consiga compor outra crônica a partir de tudo isso? Muito obrigado por seu enriquecedor comentário e atenção! Um grande abraço!

do mesmo.

shan-Tinha disse...

Jefh se tiver oportunidade leia os dois livros são muito bons!

Minha fábrica de sonhos... disse...

Oi Shan, saudade.

Não estou nos meus dias normais, por isso não passei por aqui, mas ctreio que já estou melhorando, porque depois desse mês horrível, estou voltando a cuidar de mim.

Minha fábrica de sonhos... disse...

Semana que vem retornarei para a massagem e vou ver as aulas de yoga. Nunca fiz. Será que vou gostar?

Sei não.

Não gosto de atividades com um montão de gente, sou mais "na minha", entende?

Minha fábrica de sonhos... disse...

Um forte abraço amiga, fica com Deus.

Ah, gostei do teu post e lembrei do meu finado pai. Era mais ou menos assim a nossa vida na "colônia".

Guardo até hoje nosso lampião e o ferro onde passava roupa guando criança. Show!!!!!!!!!!!!!!!

Janaina Cassis disse...

Nossa que legal vc ter me achado!
Amei conhecer uma blogueira da minha cidade e ainda por cima com mesmo nome de blog, rs!
Muita coincidencia...
Então sobre esse post acho que essas passagens de nossas vidas só nos enriquecem como seres humanos, eu tbém tive uma infância que considero ter sido minha escola para a vida.
Sua história é muito bonita e tenho certeza que não por acaso vc é uma pessoa humilde, querida por todos enfim adimirável, parabéns pelo post!
Bjs

Ira disse...

Oi, meu anjinho!Passei para te oferecer o selo:Seu Blog é Pura Arte!Bjs e ótima semana!!


http://ira-cantinhoespecial.blogspot.com

Lou disse...

É sempre muito gostoso passear pelo seu blog. Saudades da Lou. bjs